terça-feira, 25 de agosto de 2015

Hospedeira

Tanto tropeças
em tragédias
de terceiros...

Teces desatinos
incessantes.

Entretanto,
tua própria morte
esqueces.

Insanidades que
deveriam enterrar-se,

mortas.
Porém,
retaliam pensamentos

Calma passageira,
sabes qual é
teu papel secundário.
Hospedeira da Loucura

Nenhum comentário:

Postar um comentário