quarta-feira, 28 de outubro de 2015

cedro...

O cuidado arou giros do cíngulo
para sempre encéfalo cravado
ódio tornar-se-á fuligem
como névoa soprado

Na casa em cedro
de grandes Portas

Nenhum comentário:

Postar um comentário